Dependendo da provisão de Deus na vida de George Müller

Chun Chung
série Meditações missionárias

DIA 6 – Leia: Isaías 61

1. Para quem as boas novas seriam pregadas de acordo com esta profecia?
2. Por que o ano aceitável e o dia do juízo são mencionados juntos?
3. Por que os habitantes de Sião estavam de luto, aos prantos e anustiados?
4. Qual a finalidade da restauração de Sião de acordo com o verso 3?
5. O que este povo restaurado irá fazer de acordo com o verso 4? O que seria isso na prática hoje?
6. De onde viria o sustento para aqueles que servem a Deus? Isso já aconteceu com você?
7. Qual a finalidade de Deus levar este sustento?
8. Qual o alcance do evangelismo de acordo com o verso 9?
9. A esperança renovada seria para quem de acordo com o verso 10?
10. Qual outra lição no texto você tira para sua vida?


A profecia de Isaías diz que o evangelho seria pregado a todas as pessoas que se encontram desprivilegiadas e aparentemente esquecidas. George Müller se tornou o pai dos órfãos na Inglaterra. Num dia pela manhã, as crianças estavam prontas para ir para a escola, quando George é informado de que não havia comida para as crianças naquele dia. Ele pede para que todas as crianças se dirijam ao refeitório e depois que estavam sentadas ele agradece a Deus em uma oração e espera. Depois de alguns minutos um padeiro bate na sua porta dizendo: “Eu não consegui dormir a noite toda e de alguma forma eu senti que vocês precisavam de pães, então eu trouxe aqui”. Em outra ocasião, o entregador de leite bate na porta dizendo: “o meu caminhão carregado de leite quebrou bem na frente e todo o leite vai estragar porque não conseguirei entregar a tempo. Vocês gostariam do leite?” George sorriu ao ver 10 latões de leite que foram suficientes para alimentar 300 crianças. Estas são algumas histórias de como Deus sustentou o orfanato de George Müller através da oração e dedicação à obra de Deus.
Antes de sua conversão George roubava dinheiro de seu pai com freqüência e, mesmo estudando numa faculdade cristã, saía para beber nos bares e jogar, chegando a ser preso pela polícia. Sua conversão e restauração se deu num estudo bíblico. Este grupo era diferente e todos ali pareciam realmente amar a Deus e viviam este cristianismo genuíno. Depois de entregar sua vida a Cristo ali, não teve dúvidas, queria se tornar um missionário. Mas este desejo não se tornou realidade. Foi acometido de uma enfermidade que quase o levou à morte, e mesmo depois não foi aceito pelas agências missionárias.
George se tornou pastor e passou a ministrar na cidade de Bristol. Caminhando um dia pela cidade notou a grande quantidade de órfãos nas ruas e sentiu ali seu chamado para cuidar delas. De onde viria o sustento sendo ele pastor em uma pequena igreja? Tudo foi conseguido através de oraçõe:, o prédio, os móveis e as roupas. Pessoas ricas doavam para o orfanato assim como crianças traziam suas mesadas para apoiar este ministério. Ao longo dos anos, mais de 10 mil crianças passaram pelos orfanatos de George Müller sendo mais tarde assimiladas pela sociedade.
A grande contribuição e influência de George Müller foi com a idéia de missão pela fé. Em suas cartas para Hudson Taylor, encorajou o jovem missionário, recém desligado da agência missionária, a viver pela fé. Seu estilo de vida e ministério entre os órfãos tem sido um grande modelo e exemplo até hoje.

Deixe uma resposta