Missionários notáveis

Confira tudo o que já publicamos sobre missionários célebres da história das missões, além de suas frases célebres!

Adquira nosso eBook:

O mundo não era digno deles

12 breves e inspiradoras biografias missionárias


Úlfilas – 311-482

Missionário aos godos, atual Escandinávia. Pioneiro entre os missionários aos godos, levou para a região o cristianismo ariano. Mas sua principal obra foi ter criado um alfabeto gótico e ter traduzido a Bíblia para essa língua.

Patrício – 387-461

País de origem: País de Gales (atual). Missionário na Irlanda. Aos 16 anos, foi vendido como escravo para a Irlanda, mas retornou à sua família 6 anos depois. Após concluir seus estudos, retornou à ilha, agora para levar o evangelho. Centenas de pessoas se converteram com sua pregação. Por isso, é conhecido como o apóstolo da Irlanda.

Columba – 521-597

País de origem: Irlanda. Missionário na Escócia. Filho de aristocratas na Irlanda, Columba atravessou o mar acompanhado de 12 discípulos, estabelecendo-se numa ilha na costa da Escócia, chamada Iona, onde fundou um monastério. Deste monastério, o evangelho se espalhou pela região. Em Iona, vê-se pela primeira vez a união da vida monástica com a obra missionária.

Bonifácio – 675-754

País de origem: Inglaterra. Igreja: monge beneditino. Missionário na Frísia e na Germânia. Chamado de “apóstolo dos germanos”, foi entre eles que Bonifácio cortou um carvalho sagrado do deus Thor, e com a madeira construiu a primeira capela cristã da Germânia. Foi martirizado na Frísia.

John Eliot – 1604-1690

País de origem: Inglaterra. Igreja: puritano. Missionários entre os índios americanos algoquin. Chegou aos EUA com os primeiros puritanos ingleses. Dedicou-se à evangelização dos indígenas algoquin. Plantou uma igreja e traduziu a primeira Bíblia para a língua indígena. Ficou conhecido como o apóstolo aos índios.

Nikolaus Zinzendorf – 1700-1760

País de origem: Saxônia, atualmente na Alemanha. Pastor em Herrnhut, atualmente na República Checa. Com uma participação importante no avivamento da igreja dos Morávios, que enviou missionários para o mundo todo, mesmo antes de movimentos missionários. Ele mesmo foi, por pouco tempo, missionário aos índios americanos.

David Brainerd – 1718-1747

País de origem: Estados Unidos. Igreja: Congregacional. Missionário entre os índios americanos kaunameek e crossweeksung. Foi noivo da filha de Jonathan Edwards, que publicou post mortem seu “Diário” que influenciou William Carey, John Wesley e Adoniran Judson.

William Carey – 1761-1834

País de origem: Inglaterra. Igreja: Batista. Missionário na Índia. O “Pai das missões modernas” criou o modelo de sociedades missionárias, traduziu a Bíblia para o Bengali e auxiliou para mais de 30 línguas. Com sua equipe, fundou mais de 20 igrejas e de 120 escolas.

Henry Martin – 1781-1712

País de origem: Inglaterra. Igreja: Anglicano. Missionário na Índia. Inspirado por Carey e Brainerd, serviu como missionário em diversas cidades da Índia. Em sua curta vida, traduziu o Novo Testamento para o Urdu, Persa e Judaico-Persico. Morreu aos 31 anos de febre, em uma viagem missionária ao Irã.

Adoniran Judson- 1788-1850

País de origem: Estados Unidos. Igreja: congregacional e batista. Missionário na Birmânia, atual Myanmar. Serviu na Birmânia por quase 40 anos, onde perdeu 2 esposas e 2 filhos. Foi torturado e preso. Pegou malária e cólera. Apesar disso, produziu um dicionário e uma gramática birmanesa e traduziu a Bíblia. Ainda, batizou o primeiro cristão birmanês e hoje a igreja possui mais de 3700 igrejas.

George Muller – 1805-1898

País de origem: Prússia, atual Polônia. Missionário aos órfãos da Inglaterra. Fundou muitos orfanatos, abrigando mais de 10 mil crianças. Também ficou conhecido por sua missão pela fé. Em todo seu ministério, arrecadou mais de 350 milhões num valor em reais, sem nunca pedir por sustento. Ele simplesmente orava, registrava e esperava. Registra-se mais de 50 mil orações respondidas.

Robert Kalley – 1809-1888

País de origem: Escócia. Missionário em Portugal e no Brasil. Na Ilha da Madeira, em Portugal, fundou um hospital e mais de 20 escolas. Distribuiu Bíblias e organizou a primeira igreja presbiteriana de Portugal. Devido à perseguição aos protestantes ficou preso por 6 meses e depois teve de sair fugido de Portugal. Como missionário no Brasil, plantou a Igreja Congregacional.

David Livingstone – 1813-1876

País de origem: Escócia. Igreja: Presbiteriana. Missionário no continente africano. Médico e pastor, foi o maior explorador da África, tendo percorrido 48 mil quilômetros. Atravessou duas vezes o deserto do kalahari, e cruzou a Uganda, Tanzânia e Quênia.

John Paton – 1824-1097

País de origem: Escócia. Igreja: Presbiteriana. Missionário em Vanuatu, Pacífico Sul. Pastor presbiteriano, Paton trabalhou entre tribos canibais nas ilhas do Pacífico Sul. No campo missionário, perdeu a esposa e filho, por doença. Foi atacado pelos nativos, mas sobreviveu. Traduziu a Bíblia e viu o evangelho prosperar na região.

Hudson Taylor – 1832-1905

País de origem: Inglaterra. Igreja: Metodista. Missionário na China. Pioneiro nas missões para os interiores e na contextualização do evangelho, Hudson Taylor serviu na China por 51 anos fundou a Missão para o Interior da China.

Ashbell Green Simonton – 1834-1867

País de origem: Estados Unidos. Igreja: Presbiteriana. Missionário no Brasil. Plantou a Igreja Presbiteriana do Brasil, fundou o primeiro jornal evangélico da América Latina, ordenou o primeiro pastor brasileiro.

Robert J. Thomas – 1839-1866

País de origem: País de Gales. Igreja: Presbiteriana. Missionário na China e na Coréia. Aos 27 anos, em viagem à Coréia, o navio em que ia foi invadido por coreanos e ali ele foi martirizado. Mas antes, distribuiu Bíblias ao soldado que o executou – e este soldado se converteu. As Bíblias que levava no barco promoveram novos convertidos, que culminou na primeira igreja na Coréia.

James Chalmers – 1841-1901

País de origem: Escócia. Missionário entre as tribos da Papua Nova Guiné. Após ter sido líder de gangues, converteu-se e começou a pregar o evangelho até ser chamado para pregar nas ilhas do Pacífico. Em sua vida, pregou em mais de 100 vilarejos e plantou várias igrejas. Numa visita a uma ilha chamada de Gaabari, foi morto por uma tribo de canibais.

Mary Slessor – 1848-1915

País de origem: Escócia. Igreja: Presbiteriana. Missionária na Nigéria. Mary Slessor viveu muitos anos entre as tribos africanas. Atendia os oprimidos, cuidava de bebês abandonados, ensinava e consolava. Chegou a ter 12 bebês em sua casa. Através dela, milhares aceitaram Jesus como Salvador.

Charles Studd – 1860-1931

País de origem: Inglaterra. Missionário na China, na Índia e no Congo. Um esportista célebre em seu país, era membro da aristocracia inglesa e doou toda sua fortuma para as missões. Também, fundou a missão WEC International

Amy Carmichael – 1867-1951

País de origem: Irlanda. Igreja: Presbiteriana. Missionária no Japão e na Índia. Amy abriu um orfanato para acolher as crianças que eram escravas nos templos hindus. Mais de mil crianças foram salvas nos seus 55 anos de trabalho na Índia.

Samuel Zwemer – 1867-1952

País de origem: Estados Unidos. Missionário na Arábia. Conhecido como “Apóstolo ao Islã”, fundou a Arab Mission e viveu por 38 anos entre muçulmanos na região da Arábia. Viu um colega missionário ser morto com suspeita de envenenamento, e duas filhas mortas de desinteria. Pregou em vários países, mas no fim de sua vida viu apenas 12 convertidos.

Sophie Muller – 1910-1995

País de origem: Estados Unidos. Igreja: Batista. Missionária entre os indígenas na Colômbia. Pela New Tribes Mission, por 50 anos Sophie alfabetizou e evangelizou na amazônia colombiana, plantando cerca de 200 igrejas entre pelo menos 4 etnias, traduzindo a Bíblia para o kuripaco e porções para pelo menos mais 4 outras línguas.

Elisabeth Elliot – 1926-2015

País de origem. Bélgica. Missionária entre a tribo wuaorani, no Equador. Seu primeiro marido, Jim Elliot, foi martirizado enquanto tentava contato com uma tribo selvagem no Equador, os wuaorani. Alguns anos depois, Elizabeth tornou-se missionária na mesma tribo que havia matado seu marido.

Jim Elliot – 1927-1956

País de origem: Estados Unidos. Missionário entre os wuaorani, no Equador Junto de sua esposa Elisabeth e uma equipe de missionários, tentam contato com uma tribo ainda selvagem. Ele e seus 4 amigos missionários são martirizados pelos indígenas. Mas, anos depois, os wuaorani conheceram o evangelho.

Confira ainda:

James Gilmour

John Wycliffe

José Manoel da Conceição

Iolardos

Morávios

Valdenses


Compre também

Deixe uma resposta