Porque a igreja deve focar em alcançar os não-alcançados?

John Piper

Tradução Carol Assoni para Morávios

vídeo original

icon_desafiosO foco em povos não-alcançados pode ser visto por alguns como talvez inapropriadamente desequilibrado e o fracasso levando em consideração dimensões geográficas da missão, e aspectos de campos frutíferos versus campos difíceis, por exemplo: se você perguntar qual deveria ser nossa estratégia para alcançar o mundo que ainda não foi alcançado, você deve se importar que há indivíduos perdidos. Digamos, pensando algumas décadas atrás, era imensamente frutífero estar nas Filipinas porque havia resposta em todo lugar. E mesmo havendo igrejas lá, o poder do homem sendo derramado lá pôde gerar muitos frutos em relação à indivíduos vindo pra Cristo e muitas igrejas sendo plantadas. Mesmo que você não descreveria essas pessoas como sendo um grupo não-alcançado, porque havia cristãos ali.
Eu acho que é legítimo – e eu chamo de missões do tipo Timóteo – em oposição às missões do tipo Paulo. Timóteo mudou de Listra, sua cidade natal, para Efésios, que não era sua cidade natal e foi deixado lá por Paulo, para pastorear uma igreja em um lugar que não era sua casa. Como eu, indo a Manila, talvez. E me aprofundando em uma igreja em Manila que está lá por uns cem anos. Eu não chamaria isso de missões pioneiras. Eu chamaria isso de missões do tipo Timóteo.
Isso é legítimo. Não quero trazer todo aquele pessoal para casa e dizer “você está fazendo a coisa errada.” E é legítimo pensar em termos geográficos. Há áreas inteiras em que não há nada acontecendo, ao invés de pensar em termos de grupos de pessoas. No entanto, tendo modificado a ênfase em grupos de pessoas, eu quero voltar e dizer que: é o núcleo, é biblicamente central. Quando você pensa na Grande Comissão: “Vá e faça discípulos de todas as nações.” Nações é o que se tem em mente aqui. Grupos de pessoas. Ou quando você ouve Mateus 24:14 “e este evangelho será pregado em todo mundo como testemunho a todas as nações, então virá o fim”, está falando de grupos de pessoas.
Então, eu acho que o centro de toda nossa estratégia missionária mundial deve ser uma consciência do que são grupos de pessoas; e onde estão os menos alcançados; ou totalmente não-envolvidos; e quem em nossa igreja se mobilizaria para se profundar neles.

Leia mais

Leia outros artigos de John Piper
Leia outros artigos sobre povos não alcançados

Inscreva-se em nossa newsletter

Creative Commons License
Porque a igreja deve focar em alcançar os não-alcançados? by moravios is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 4.0 International

Deixe uma resposta